Ir para o Conteúdo Principal

Por dentro do YouTube

Melhora na proteção da privacidade das crianças no YouTube

De Equipe do YouTube

Em setembro, anunciamos uma série de mudanças para melhorar a proteção das crianças e a privacidade delas no YouTube. Essas alterações também são uma resposta às questões levantadas pela Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês). Agora, todos os criadores de conteúdo precisarão marcar o próprio conteúdo como "conteúdo para crianças" ou "não é para crianças" no YouTube Studio. Os dados de todas as pessoas que assistirem vídeos com essa definição serão tratados como se fossem de uma criança, não importa a idade do usuário.

Em novembro, lançamos uma configuração no YouTube Studio para facilitar o processo de classificação de vídeos para os criadores de conteúdo. E hoje começamos a colocar essas mudanças em prática no mundo todo. Por isso, queremos detalhar o que você verá nos próximos dias.

O que é conteúdo para crianças?


De acordo com a FTC, um vídeo é considerado como conteúdo para crianças se for destinado a esse público, considerando vários fatores. Entre eles estão o assunto do vídeo, ou se o conteúdo dá ênfase a personagens, temas, brinquedos ou jogos infantis, entre outros.

Para nos ajudar a identificar conteúdo para crianças, incluímos uma nova configuração de público no YouTube Studio em novembro. Com ela, os criadores de conteúdo podem indicar se o conteúdo deles é para crianças ou não. Os criadores conhecem o próprio conteúdo como ninguém, por isso pedimos que eles classifiquem os vídeos. Também usamos o aprendizado de máquina para identificar esse conteúdo, e os criadores podem atualizar a classificação feita pelo nosso sistema se acharem que ocorreu um erro. A classificação feita por um criador de conteúdo será modificada apenas se detectarmos abuso ou um erro.

Uma experiência ainda melhor com o conteúdo para crianças


Agora o YouTube trata as informações pessoais dos usuários que assistirem conteúdo destinado a crianças no YouTube como se fossem de uma criança, não importa a idade da pessoa. Isso significa que limitamos a coleta e o uso de dados em conteúdo para crianças e, por isso, precisamos limitar ou desativar alguns recursos do produto. Por exemplo, os anúncios personalizados não são mais exibidos nesse tipo de conteúdo, e não disponibilizamos mais recursos como comentários, chat ao vivo, sino de notificação, Histórias, a opção "Salvar na playlist" e outros.

No mundo todo, muitos criadores de conteúdo produziram vídeos para crianças de alta qualidade para o público, e essa mudança terá grande impacto nisso. Estamos comprometidos em ajudar os criadores de conteúdo a desbravar esse novo cenário e apoiar o ecossistema de conteúdo familiar da nossa plataforma. Compartilharemos mais informações nos próximos meses. Enquanto isso, continuaremos envolvidos nessa questão. Por exemplo, participamos do workshop público da FTC e enviamos nosso comentáriosobre a COPPA. Nele falamos sobre a importância de criar diretrizes claras que ajudem os criadores de conteúdo a cumprir as próprias obrigações legais e apoiem o acesso a conteúdo de qualidade para as crianças.


Investimento contínuo no YouTube Kids


Ainda recomendamos que os pais usem o YouTube Kids caso pretendam deixar os filhos menores de 13 anos assistirem vídeos sozinhos. Na verdade, dezenas de milhões de pessoas usam o YouTube Kids toda semana. Recentemente tivemos o maior número de visualizações semanais desde o lançamento do app. A partir de hoje, você verá divulgações do YouTube Kids em todo o conteúdo para crianças, e continuaremos aprimorando o produto. Por exemplo, recentemente lançamos o suporte a contas conectadas para o YouTube Kids na Web e em dispositivos conectados, como smart TVs. Assim, os pais podem acessar e controlar a experiência dos filhos no YouTube Kids em ainda mais dispositivos.

A responsabilidade é a maior prioridade do YouTube, e isso inclui a proteção das crianças e da privacidade delas. Investimos constantemente nas políticas, nos produtos e nas práticas para facilitar esse processo. Com as mudanças de hoje, poderemos fazer isso ainda melhor. Continuaremos trabalhando para oferecer a melhor experiência possível para as crianças, famílias e criadores de conteúdo para a família no YouTube.

Tópicos relacionados