Ir para o Conteúdo Principal

Por dentro do YouTube

Bloqueio criativo? Talvez esteja na hora de explorar outros gêneros.

  • De Matt Koval
  • @YouTubeLiaison
  • 05.Jan.2021
Bloqueio criativo? Talvez esteja na hora de explorar outros gêneros.
Formatos que funcionam no YouTube

Quando criava conteúdo humorístico no YouTube, eu basicamente atuava só no gênero da comédia (ou no "ramo da comédia", como se costuma dizer). Assistia vídeos de outros comediantes, estudava o que eles faziam para aumentar o número de inscritos, passava um tempo com eles e fazia colaborações. Para mim, a comunidade do YouTube se resumia a comédia. 

 

É claro que eu conhecia outros gêneros, mas não dava muita atenção a eles porque tinha muito orgulho de fazer parte de um grupo que estava tentando fazer as pessoas rirem. Era minha família! Por que precisaria prestar atenção em mais alguém?

 

Então assinei um contrato com o YouTube. 

 

Como estrategista de conteúdo, meu gerente descreveu meu novo cargo exatamente com estas palavras: “Entender quais formatos criativos funcionam no YouTube e por quê, e então ensinar o que aprendeu à comunidade”.

 

Observe o que ele disse, ”quais formatos criativos funcionam no YouTube...”, e não que “funcionam na comédia”.

 

Tinha que tentar me tornar especialista em toda a plataforma. Precisei mergulhar de cabeça nos mundos de avaliações de tecnologia, jogos, culinária, desafios, notícias, música, RV, ASMR e tantos outros. 

 

Essa tarefa me ajudou a ver muito mais da comunidade incrível, vibrante e criativa de criadores de vídeos. Senti como se tivesse voado de uma pequena colina para o topo de uma montanha. Lá de cima, eu podia dar um rasante sempre que visse um vídeo em ascensão nos dados para entender por que ele "decolou". 

 

Ao longo de anos nesse processo, descobri estratégias e formatos que pareciam completamente inexplorados por outros gêneros. Mas, com uma leve pitada de engenhosidade, esses formatos podiam ser reformulados e usados em outros "territórios". Estes são alguns exemplos:

 

1. Na categoria "Estilo de vida": vlogs de festas de fim de ano

Criadores de conteúdo de estilo de vida, como a Alisha Marie, costumam enviar uma sequência de vídeos no período das festas de fim de ano em uma série diária chamada "vlogmas". Até os criadores que normalmente só enviam conteúdo duas vezes ao mês mergulham nessa, fazendo 12 ou mais envios seguidos. Às vezes, o resultado não é apenas um pico nas visualizações, mas também na receita, já que os anunciantes tendem a investir pesado no fim do ano. 


Lição de casa: será que você também conseguiria fazer isso com vídeos mais simples e fáceis de produzir? Mesmo ignorando as datas comemorativas, você seria capaz de produzir e enviar uma "sequência" de conteúdo para impulsionar seu canal?


2. Na categoria "Avaliações de tecnologia": comparações


Os criadores de conteúdo da comunidade de avaliações de tecnologia costumam comparar produtos, como o Marques Brownlee faz com frequência. Apelidei esse formato de "versus", e ele pode ser eficaz porque cria uma expectativa nos espectadores sobre qual concorrente vencerá o embate, gerando uma maior retenção de público.


Lição de casa: será que você consegue aplicar o formato “versus” no seu gênero? Quais produtos ou conceitos você compararia?


3. Na categoria "Jogos": meus apetrechos

De vez em quando, os gamers do YouTube, como a Fuslie, revelam os bastidores e mostram os equipamentos usados para jogar e gravar conteúdo. Essa ideia pode ser implementada em qualquer gênero, já que os espectadores costumam adorar ver o que há por trás das câmeras e descobrir como os vídeos são feitos. 

 

Lição de casa: qual câmera que você usa? Qual microfone? Qual software de edição?

Falando em como realizar essa pesquisa, há incontáveis ferramentas e artigos que selecionam os principais vídeos por categoria. Use esses recursos como ponto de partida para estudar vídeos, formatos de programas e estratégias. Em seguida, veja o que dá para pegar emprestado, adaptar e aplicar às suas criações. 

 

Um canal de sucesso dá muito trabalho, sei bem disso. Fazer envios uma vez ou mais por semana pode colocar sua criatividade à prova. Por isso, se tiver um bloqueio criativo, tente se aventurar por novos gêneros. Observe o que eles fazem e veja se você consegue captar algumas ideias fresquinhas para seu canal.