Acesse o menu principal

Cultura e Tendências

Como o YouTube Shorts pode ajudar a aprender de forma divertida

  • Por Clarissa Orberg
  • Head of Responsibility Verticals, YouTube Brazil
  • 14.Out.2021
Como o YouTube Shorts pode ajudar a aprender de  forma divertida
Os pequenos intervalos ao longo do dia podem ser momentos valiosos para ampliar conhecimentos ou revisar conceitos

Para celebrar o Dia do Professor, lançamos esta semana uma série de três posts sobre como o YouTube pode ser uma importante ferramenta de educação para alunos e professores. Não perca!


Os conteúdos educativos presentes no YouTube se tornaram ainda mais relevantes para alunos e professores nos últimos tempos, principalmente com a migração das aulas presenciais para o modelo online durante a pandemia. Em 2020, de acordo com o recém-lançado Relatório de Impacto do YouTube, desenvolvido em parceria com a Oxford Economics, 100% dos alunos maiores de 18 anos que utilizam o YouTube relatam utilizar a plataforma como apoio para suas tarefas ou estudos, e 92% dos professores brasileiros afirmam usar o conteúdo do YouTube em suas aulas.

As videoaulas, os vídeos de resoluções de exercícios e as lives de preparação para provas já são formatos conhecidos dos estudantes que precisam de uma ajuda extra para revisar a matéria e mandar bem na escola ou na faculdade. Agora, com o YouTube Shorts, formato de vídeos curtos do YouTube, é possível aproveitar os pequenos intervalos ao longo do dia para ampliar seus conhecimentos de forma divertida por meio do celular. Para quem ensina, também ficou mais fácil criar vídeos super dinâmicos usando apenas dispositivos móveis e de onde quer que se esteja.

Conheça abaixo algumas maneiras de usar o YouTube Shorts a favor do seu aprendizado:

Curiosidades irresistíveis

Um formato de vídeo curto de muito sucesso é o que apresenta um fato curioso e sua explicação em até um minuto. Esse tipo de vídeo conta com um título integrante e consegue prender a atenção de quem assiste nos segundos iniciais. Não importa a área do conhecimento, sempre há uma curiosidade a ser compartilhada através de um vídeo curto e interessante, que pode servir de ponto de partida para despertar o interesse da audiência sobre o assunto, se tornando como ponte para vídeos mais aprofundados. Em menos de 40 segundos, o Canal Minuto da Terra consegue divertir enquanto explica as possíveis hipóteses por trás braços curtos do Tiranossauro Rex. Já o professor Rafael Irigoyen, do canal Pura Física, aproveitou os recentes eventos espaciais para compartilhar, em 24 segundos, uma curiosidade sobre o lançamento de foguetes. A turismóloga Marê usa o formato para compartilhar curiosidades e fatos históricos de lugares icônicos do mundo, por exemplo, por que a torre de pisa é torta.

Como se escreve? Como se pronuncia?

Pode ser fácil, divertido e efetivo aprender o uso correto da Língua Portuguesa em vídeos curtos que explicam as dúvidas mais comuns: seja sobre o uso dos porques, quando usar “há” ou “a”, como usar o particípio passado corretamente ou a grafia certa de algumas palavras que nos confundem. Para quem está se aventurando em um novo idioma, as dúvidas podem ser em relação à pronúncia: nesse exemplo engraçado, a professora Carina Fragozo explora as diferenças na hora de falar o inglês britânico e o americano. Outro uso interessante do formato curto é para ampliar o vocabulário, como neste vídeo do canal TeacherIHaveaQuestion, em que há a explicação de um phrasal verb com a aplicação de dois exemplos práticos. Para tornar o aprendizado mais interessante, que tal cantar corretamente suas músicas internacionais preferidas e aprender a tradução?

Fórmulas e macetes

A área de exatas também pode se tornar mais fácil com o uso do YouTube Shorts. Neste vídeo, que já conta com mais de 3,8 milhões de visualizações, o professor Sandro Curió compartilha um macete curioso para facilitar a divisão de qualquer número por 5. Se o problema é com geometria, há resoluções rápidas de exercícios que podem ajudar a entender como calcular áreas e perímetros. Dentro das disciplinas de física ou química, há macetes rápidos para relembrar as principais fórmulas que caem nas provas e vestibulares, por exemplo de calorimetria, ou como determinar a concentração comum de uma solução química.

Esses são apenas alguns exemplos de como o YouTube Shorts pode ajudar a aprender coisas novas ao longo do dia, entre os pequenos intervalos de um compromisso a outro, ou uma tarefa e outra, de maneira dinâmica e divertida, complementando assim as estratégias de aprendizado.