Ir para o Conteúdo Principal

Histórias de Criadores e Artistas

Vozes dos Criadores: Evelyn from the Internets

  • De Evelyn from the Internets
  • 03.Mar.2021
Vozes dos Criadores: Evelyn from the Internets
Vozes dos Criadores é a nossa nova série aqui no Blog. É um espaço para artistas e criadores refletirem sobre a jornada deles no YouTube, falarem sobre como tudo isso impactou a vida de cada um e compartilharem o que aprenderam ao longo do caminho. Esperamos que todos consigam aprender algo com essa seção!

Para começar, chamamos a Evelyn from the Internets, que faz parte do grupo inaugural de criadores contemplados pelo Fundo Vozes Negras do YouTube. Ela tem muito a dizer sobre o que tem feito nos últimos 15 anos. Quem é ela? De acordo com as palavras da criadora, ela é a Evelyn da Internet.


Meu nome é Evelyn, uma escritora de histórias de humor e contadora de histórias que mora em Austin no Texas. Ou seja: eu posto vídeos e textos engraçados na Internet. Pode acrescentar "influenciadora" se você quiser me mandar hidratantes de graça ou algo do tipo. Eu amo um bom hidratante. O que posso dizer sobre mim é: a vida me faz rir! Eu tenho uma boa variedade de conteúdo com vários níveis de consistência. Desde vlogs de viagem e tutoriais bobos com um "quê" de blogueira de moda até histórias engraçadas sobre a primeira geração de americanos e conteúdo sobre a cultura pop negra. Se você quiser assistir vídeos que farão você rir e pensar, então se inscreva no meu canal.

Eu chamo todo mundo que curte meu trabalho de Primo da Internet, então seja bem-vindo à família, primo.


Quando eu era criança, em algum lugar do meu quarto (provavelmente entre uns livros antigos) havia uma pequena pilha de DVDs. Antes de existir o YouTube, eu gravava vídeos em DVD e sentia a emoção de assistir minhas próprias criações na TV da sala. Meu sonho era que, um dia, as pessoas pudessem me assistir na TV ou em algum show, mas enquanto esse dia não chegava, eu continuava fazendo vídeos usando uma câmera de 7.1 megapixels e o Windows MovieMaker. 

Agora, mais de 15 anos depois, já enviei centenas de vídeos no YouTube e virei uma "criadora de conteúdo". O que começou como um passatempo de criança virou meu trabalho, e a jornada ainda está se desenrolando. 

O que aprendi até agora também serve para qualquer outra parte da minha vida, então, obrigada YouTube por me ensinar estas verdades universais: 

Sua voz e perspectiva são o que há de mais impressionante em você.”

Comece com o que você tem

 A melhor ferramenta é seu ponto de vista. Ou seja: dinheiro não compra bom gosto. Só para deixar claro, o dinheiro compra várias coisas, como equipamento, tempo, espaço e a capacidade de dar um pagamento justo a pessoas talentosas que podem ajudar a tirar suas ideias do papel da melhor forma possível. 

Mas sua visão é o primeiro passo. 

Se eu tivesse medo demais para sentar sozinha no chão do meu quarto em 2008 e gravar com minha webcam, gastar muito dinheiro em uma câmera não faria o medo sumir do nada. E antes que vocês comecem a procurar meus vídeos dessa época, saiba que os trabalhos mais "vintage" estão trancados em um cofre. Mas você pode assistir este aqui se quiser. 

Sua voz e perspectiva são o que há de mais impressionante em você. A maior satisfação de todas é comparar os trabalhos antigos, os de baixo orçamento, a um projeto completamente financiado e ver que você nunca perdeu sua autenticidade.

O sucesso da noite para o dia é um mito

Acho que vídeos virais e pessoas aleatoriamente sendo convidadas para o The Ellen Show nos levam a acreditar que a fama e a fortuna acontecem da noite para o dia. Na verdade, essas oportunidades incríveis e momento especiais acontecem com pessoas que estão cuidando da própria vida e fazendo as mesmas coisas de sempre. 

Eu já publicava vídeos há uns oito anos quando minha resenha do álbum Lemonade foi parar no Formation World Tour da Beyoncé. Meu canal era basicamente desconhecido, e eu ganhava poucos inscritos. Mas essa não foi uma oportunidade que eu aproveitei conscientemente . Eu estava apenas tentando desesperadamente seguir minha programação de "postar um vlog por dia em abril". O segredo para encontrar oportunidades é continuar seguindo em frente. 

E quando eu atingir o próximo nível da minha jornada criativa, pode ter certeza de que o termo "novata" ou "cara nova" será usado, mesmo que eu tenha documentado minha vida adulta inteira on-line e criado uma comunidade incrível de Primos da Internet.

Eu constantemente redefino o que o sucesso significa para mim, porque se eu dependesse de agendas ou listas de "os 30 abaixo de 30 anos", já teria desistido há muito tempo. Além disso... eu já tenho 30. 

Abraçar suas particularidades é um convite para que outras pessoas entendam que vocês se parecem. Gente? Esse é um dos fundamentos da empatia.”

As pessoas também se identificam com conteúdo específico 

Se tivermos medo de começar de onde estamos e com o que temos, e se constantemente nos compararmos à trajetória de sucesso de outras pessoas, esta última lição pode ser difícil de entender. E, vá por mim, eu já olhei para minha prateleira de temperos pensando se deveria fazer o "desafio da canela" para ver se isso faria meu canal decolar ao ponto de eu ter meu próprio programa de TV. 

Agradar o público geral parece ser o caminho mais rápido de alcançar nossos objetivos, mas é o menos sustentável. Em algum momento, agradar os outros vai cansar, e toda a atenção que um dia trouxe felicidade acabará trazendo ansiedade. É difícil ser outra pessoa por muito tempo. 

Por isso, eu conto histórias sobre minhas experiências. Não preciso explicar uma piada interna ou referência. Eu só confio que a mensagem vai alcançar quem precisa. Um vídeo sobre uma mulher negra votando nas eleições presidenciais dos EUA pode fazer com que qualquer pessoa do mundo se identifique caso ela já tenha feito um trabalho ingrato ou trabalhado com outras pessoas contra a própria vontade para alcançar um objetivo em comum. 

Abraçar suas particularidades é um convite para que outras pessoas entendam que vocês se parecem. Gente? Esse é um dos fundamentos da empatia. Alguns dos meus comentários favoritos são "Sou velha o suficiente para ser sua avó, mas amo seus vídeos!" ou "Sou literalmente um homem careca, mas estou aqui assistindo um tutorial de cabelo". 

Não posso prometer que você vai viralizar, mas juro que você nunca vai sentir que vendeu sua alma.

Evelyn

Agora, preciso ser honesta com todos vocês: eu escrevi isto para mim mesma. Essas lições me ajudam a voltar aos trilhos quando sinto que nunca terei recursos o suficiente, que eu já deveria ter conquistado meus sonhos com essa idade ou até mesmo que eu deveria ter feito "Pegadinhas de casal" no meu canal, porque isso dá grana. Foco, Evelyn, foco! 

É sempre mais fácil entender os acontecimentos quando já passamos por eles, então espero que minhas reflexões possam ajudar você a buscar um futuro mais feliz. É para isso que os Primos da Internet servem, certo? 

Vejo vocês on-line em algum lugar, 

- Evelyn