Acesse o menu principal

Histórias de Criadores e Artistas

Os quatro Cs da capacitação no mundo de hoje

  • Por Doreen Tran
  • Content Partnerships, Learning
  • 06.Ago.2021
Os quatro Cs da capacitação no mundo de hoje
As habilidades humanas necessárias para se ter sucesso no trabalho: colaboração, comunicação, concepção crítica e criatividade

Se a COVID-19 fez com que você precisasse procurar emprego ou novas maneiras de ampliar seu conjunto de habilidades, saiba que você não é a única pessoa nesse tipo de situação. Ao longo de três postagens no blog, reuniremos alguns recursos para ajudar quem está procurando trabalho ou querendo desenvolver novas habilidades. Assim, essas pessoas poderão encontrar insights e inspiração para buscar oportunidades de carreira.


Não subestime a importância das habilidades humanas. Embora as necessidades do mercado de trabalho atual e futuro exijam um conjunto de habilidades do século 21, hoje estamos focando no lado humano das coisas, ou seja, nos 4 Css: colaboração, comunicação, concepção crítica e criatividade. Pedimos a quatro criadores de conteúdo especializados nessas habilidades para nos ajudar a entender por que elas são essenciais no ambiente de trabalho e como os espectadores podem melhorar nessas áreas.
Adriana Cubas

Colaboração: Adriana Cubas


Adriana Cubas é uma profissional de Recursos Humanos e coach de carreiras com foco em treinamento e desenvolvimento de pessoas.Ela é a criadora de um canal do YouTube que leva seu próprio nome, o primeiro no Brasil a falar sobre desenvolvimento e empoderamento profissional.


O que é colaboração e por que isso é tão importante no mercado de trabalho atual?

Adriana Cubas: A colaboração se trata de criar conexões entre pessoas e áreas, de desenvolver e implementar ideias e inovações, além de, claro, trabalhar em equipe focando em contribuições, empatia e no desenvolvimento de bons relacionamentos e parcerias. Atualmente, as empresas estão dando muita importância, e até preferência, aos profissionais que, além de competência técnica, apresentam habilidades comportamentais (as famosas soft skills). A colaboração é fundamental para os profissionais do futuro. Como o mercado está se voltando para um cenário que acolhe a diversidade, com tarefas multifuncionais em áreas diferentes, "ser uma pessoa colaborativa" se tornou uma habilidade básica esperada de todos que querem ter sucesso no ambiente de trabalho.

Atualmente, as empresas estão dando muita importância, e até preferência, aos profissionais que, além de competência técnica, apresentam habilidades comportamentais (as famosas 'soft skills').”

Quais são as principais dicas?

Adriana Cubas: Foque em desenvolver suas soft skills, principalmente as habilidades de comunicação, relacionamentos interpessoais e escuta ativa. Não seja uma pessoa presa à sua área e às demandas dela. Tome a iniciativa de conhecer outros campos de atuação e oferecer contribuições a um projeto com ideias e sugestões para resolver problemas. Crie uma rede diversificada em que você possa conversar com diferentes profissionais para trocar ideias, interesses e conhecimento. Essas atitudes podem ajudar você a ser uma pessoa mais colaborativa no trabalho de uma maneira estratégica que também beneficia seu desenvolvimento profissional.

Vanessa Van Edwards

Comunicação: Vanessa Van Edwards


Vanessa Van Edwards está ensinando as pessoas a usar a psicologia e a entender o comportamento humano para que elas consigam se comunicar e alcançar o sucesso.


Por que a comunicação no trabalho é importante?

Vanessa Van Edwards: Hoje, mais do que nunca, nossas palavras no trabalho não são usadas apenas para comunicar algo, elas precisam motivar. Palavras no ambiente corporativo motivam as pessoas a adotar as ideias que queremos transmitir, a ser mais produtivas, a se conectar, a comprar aquilo que queremos vender e a criar confiança. Isso significa que precisamos dar mais significado à nossa comunicação, já que nossas palavras são usadas em diferentes canais, como e-mail, conversas, vídeos, Slack, sites, Zoom etc. Estamos usando mais canais de comunicação do que nunca. Então precisamos fazer cada palavra contar.

Pesquisas mostram que até mesmo uma única palavra importante pode mudar quimicamente uma interação. Ler a palavra 'vencer', por exemplo, pode tornar as pessoas mais motivadas.”

Quais são as principais dicas?

Vanessa Van Edwards: Saia do modo automático! Boa parte da nossa comunicação no trabalho se tornou robótica. Dizemos o mínimo, enviamos respostas padrão e todas as nossas comunicações estão totalmente no modo automático. Pesquisas mostram que até mesmo uma única palavra importante pode mudar quimicamente uma interação. Ler a palavra "vencer", por exemplo, pode tornar as pessoas mais motivadas. Então não diga "reunião", prefira "discussão de ideias para alcançar objetivos". Não diga "atualização semanal", prefira "conquistas da semana". Não diga "Eu agradeço", prefira "Isso foi muito útil. Agradeço sua contribuição!". Dê um propósito às suas palavras, e as pessoas verão um propósito em você.

The Futur

Criatividade: The Futur

O objetivo da The Futur é ensinar um bilhão de pessoas a ganhar dinheiro fazendo o que elas amam. Os ensinamentos envolvem habilidades do século 21, como design thinking, solução de problemas, empreendedorismo, estratégia, design de experiência, comunicação, mídia, marketing de conteúdo e design.

O que é criatividade e por que isso é tão importante no mercado de trabalho atual?

The Futur: A criatividade está presente em todos os aspectos do trabalho, você só precisa enxergar além das definições comuns sobre o que essa habilidade representa. Criatividade é ter coragem para falhar. Criatividade é conseguir criar conexões entre duas ou mais ideias diferentes. Criatividade é enxergar no futuro aquilo que outras pessoas não conseguem ver. Criatividade é o principal diferencial de empresas inovadoras.

Quando usamos a criatividade para resolver um problema nos negócios, na área de marketing ou de design, isso pode ter um impacto considerável nos resultados. A criatividade é uma vantagem competitiva para empresas que sabem como desenvolver e capacitar pessoas para serem mais curiosas.

Quanto mais tentativas, mais falhas. Quanto mais falhas, mais aprendizados. Quanto mais aprendizados, maiores as chances de termos avanços criativos.”

Quais são as principais dicas?

The Futur: Para dar asas à criatividade, comece planejando objetivos claros e métricas definidas para alcançar o sucesso. Consiga o apoio das principais partes interessadas. Desenvolva ideias rapidamente para evitar o viés dos custos irrecuperáveis, receber feedback importante e identificar problemas nas fases iniciais. 

Crie uma cultura que valorize o pensamento iterativo. Quanto mais tentativas, mais falhas. Quanto mais falhas, mais aprendizados. Quanto mais aprendizados, maiores as chances de termos avanços criativos.

Compartilhe ideias. Leve a criatividade além do departamento de design e faça com que essa habilidade seja incorporada aos setores comerciais e de marketing. Coloque o pessoal de humanas para trabalhar em parceria com o de exatas. Crie uma sensação forte de compartilhamento para que todos trabalhem juntos para resolver grandes problemas.

curiosamente

Concepção crítica: Curiosamente


O canal Curiosamente convida mentes curiosas a despertar o sentimento de fascinação que só o conhecimento proporciona. Guiada por Tonatiuh Moreno, a equipe compartilha vídeos semanais sobre ciência e cultura para incentivar o prazer de aprender.


O que é concepção crítica e por que isso é tão importante no mercado de trabalho atual?

Curiosamente: Diferentemente de 30 anos atrás, atualmente as informações são muito acessíveis a ponto de não termos dificuldade de encontrar algo, mas sim de diferenciar conteúdo confiável de conteúdo tendencioso, parcial ou enganoso. Concepção crítica é usar a lógica e as evidências de maneira consciente para diferenciar esses tipos de conteúdo e conseguir incorporar isso ao próprio conhecimento. Pensar de forma crítica nos permite desempenhar um papel mais ativo como cidadãos e agir com mais eficiência no mundo. Não apenas no trabalho, mas também socialmente. Porém, a concepção crítica por si só tem limites, e é necessário complementá-la com o pensamento lateral.

Sempre que tivermos certeza de algo, precisamos questionar essa verdade.”

Quais são as principais dicas?

Curiosamente: Em primeiro lugar, saiba que nós mesmos, e não apenas as outras pessoas, somos suscetíveis a acreditar em falácias lógicas e vieses cognitivos (as "armadilhas do pensamento"), e que isso é o nosso "sistema 1" em ação, um conceito explicado por Daniel Kahneman. Esse sistema opera impulsivamente e é o que está no comando na maior parte do tempo. Saiba que o efeito Dunning-Kruger é válido para todos os seres humanos e, sempre que tivermos certeza de algo, precisamos questionar essa verdade. Perceba que, como afirma Edgar Morin: "Navegamos por um mar de incertezas em que há alguns arquipélagos de certezas". Tenha sempre cuidado com aquelas pessoas que nunca têm dúvidas.


Os 4 Cs representam um conjunto importante de habilidades a serem aperfeiçoadas, mas sabemos que existem outros aspectos essenciais para alcançar o sucesso no trabalho. Vimos as maneiras incríveis que criadores de conteúdo ao redor do mundo usaram para ajudar a própria comunidade a se adaptar aos desafios de capacitação do ano passado. Esta série vai continuar a divulgar dicas práticas, então fique de olho nas próximas postagens do blog!